sexta-feira, 24 de abril de 2009

Guarani e Ponte Preta - SP



Voltando a série "Rivais", atendo o pedido do Gerson Nuevo que quer jogar o maior clássico do interior, o disputadíssimo derby campineiro com "Bugre" e "Macaca", que sempre fizeram jogos memoráveis. É verdade que ultimamente o Guarani anda numa fase negríssima, mas a Ponte (do amigo Gerson) também já viveu maus momentos no final dos anos 80 e 90, quando caiu para a série A2 do paulistão.
Até na segundona a Ponte viveu a síndrome de ser vice. Perdeu a final da A2 em 1989 para o Ituano e dez anos depois foi vice novamente perdendo a final para o América de São José do Rio Preto. Mas, sem dúvida, desde 2001 a "urucubaca" mudou de ares e foi conhecer o Brinco de Ouro da Princesa. A partir daquele ano foram nada menos que cinco rebaixamentos.
Na minha opinião os dois clubes conseguem superar crises e fases ruins exatamente por existir essa eterna rivalidade. Em campo foram 182 jogos. 63 vitórias do Guarani, 59 da Ponte e 60 empates. A Ponte é o time do interior que mais decidiu paulistões, jogou cinco finais, mas não levou nenhum. Já o Guarani tem um título brasileiro conquistado em 78, foi vice em 86 e 87 (ano da polêmica Copa União). Foi campeão da Taça de Prata de 81 (a antiga série B) e vice paulista em 88. Em 1979 fez uma belíssima participação na Libertadores daquele ano ficando em 4º lugar.
Tem um jornalista chamado Diego Vivan que escreveu em 2007 um livro dedicado a crise no Guarani. Segundo ele a crise surgiu quando a Lei Pelé foi criada e posteriormente ignorada por completa pela diretoria bugrina. O livro chama-se: "Sobrevivendo à Lei Pelé: Um olhar sobre a trajetória do Guarani Futebol Clube".

2 comentários:

Anderson Everest disse...

ótimo trabalho amigo,escudos de ótima qualidade. e também venho aqui confirmar a parceria! ;)
Abraços!

Gerson Nuevo disse...

Caro Fábio,
Em primeiro lugar quero lhe agredecer de coração por ter atendido ao meu pedido... ficaram muito bacana os escudinhos da Ponte e do Guarani, aliás, gosto da maneira com que vc monta os escudinhos, ressaltando o distintivo do time, mostrando o que há de mais importante no uniforme de uma equipe de futebol.
E mais.... estas fotos fantásticas que vc coloca na série "Rivais" é simplesmente de tirar o chapéu! Isto faz com que voltemos no tempo para relembrar grandes momentos do nosso imortal futebol... uma verdadeira nostalgia! Parabéns pela criação desta série histórica e também pelo empenho e dedicação no blog.
Agradeço à Deus também por existir pessoas como vc, o Marcão, e outros Mestres desta 8ª maravilha... que é o futebol de botão!
Um forte abraço e até a próxima postagem.